Psicologia

Home>> Serviços>> Psicologia

Psicologia

Psicologia Clínica e da Saúde

A Psicologia Clínica e da Saúde é uma especialidade geral da Psicologia (OPP). Tem por objeto o estudo dos distúrbios emocionais e comportamentais, bem como o estudo dos distúrbios de personalidade, na doença física e mental.

Vivemos atualmente momentos de grande intensidade, com grande esforço de natureza física, mas principalmente de natureza mental, exigindo elevados padrões de competitividade entre pessoas, famílias, organizações, etc…que nem sempre estamos preparados psicologicamente para podermos responder de forma equilibrada e saudável aos desafios que a vida nos coloca, o que mais tarde ou mais cedo, independentemente da idade vão surgir surpresas relativamente ao estado de saúde físico e mental, levando em consideração à má qualidade de vida do nosso cérebro, o mesmo que falar das alterações das nossas atitudes e comportamentos, em relação à qualidade de vida, saúde, bem-estar subjetivo, psicológico e social.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, ser saudável não significa ausência de doença, mas sim, ter um completo bem-estar físico, psíquico e social.

A evolução de ocorrências motivada pela doença psiquiátrica, doença crónica incluindo a doença oncológica, doença cardíaca, gastrointestinal, entre outras, contribui para o impacto negativo na vida pessoal, familiar, escolar e profissional, contribuindo desta forma, para uma qualidade de vida pouco saudável na população em geral, afetando famílias, empresas, organizações e a comunidade em geral, contribuindo assim, para o sofrimento, cujo percurso de vida ficará certamente comprometido, sendo o número de mortes provocado cada vez mais por problemas cardíacos, AVC, cancro, entre outros.

A prevenção da doença física e mental, bem como a promoção da saúde psicológica serão cada vez mais, os grandes desafios que se colocam às pessoas individualmente, às famílias, às escolas, às empresas e às organizações em geral, na Europa e em todo o Mundo, evitando consequências significativas na vida pessoal, escolar, familiar e profissional.

Neuropsicologia Clínica

A Neuropsicologia Clínica é uma especialidade avançada inserida na especialidade geral da Psicologia Clínica e da Saúde (OPP). Tem por objeto o estudo dos distúrbios cognitivos e emocionais, bem como o estudo dos distúrbios de personalidade provocados por lesões no cérebro, que é considerado o órgão do pensamento, a sede da consciência, designada também por neurologia comportamental.

Vivemos atualmente momentos de grande intensidade, com grande esforço de natureza física, mas principalmente de natureza mental, exigindo elevados padrões de competitividade entre pessoas, famílias, empresas, etc…que nem sempre estamos preparados psicologicamente nem neurologicamente para podermos responder de forma equilibrada a saudável aos desafios que a vida nos coloca, o que mais tarde ou mais cedo, independentemente da idade vão surgir surpresas relativamente ao estado de saúde físico e mental, levando em consideração a insuficiente qualidade de vida do nosso cérebro, o mesmo que falar das alterações das nossas atitudes e comportamentos, em relação à qualidade de vida, saúde, bem-estar subjetivo, psicológico e social.

Segundo a Organização Mundial de Saúde, ser saudável não significa ausência de doença, mas sim, ter um completo bem-estar físico, psíquico e social.

A evolução de ocorrências motivada por doenças neurológicas e o seu impacto na vida pessoal, familiar, escolar e profissional está a contribuir para um quadro negativo da saúde e do bem-estar das pessoas, vítimas de Demências, AVC, Traumatismos Crânio-Encefálicos (TCE), motivados em grande parte por acidentes de viação, limitando assim, a vida das pessoas em geral.

Psicologia da Saúde Ocupacional

A Psicologia da Saúde Ocupacional é uma especialidade avançada inserida na especialidade geral da Psicologia Social, do Trabalho e das Organizações (OPP). Tem por objeto o estudo, desenvolver modelos teóricos que permitam compreender a saúde, seus antecedentes e consequentes no contexto de trabalho e das organizações.

As mudanças ocorridas no mundo do trabalho, nomeadamente, as transformações socioeconómicas, o aumento do desemprego, o aumento da incerteza e da instabilidade laboral, os contratos precários, o aumento da carga e do ritmo de trabalho, a insegurança causada pela imprevisibilidade das mudanças e reestruturações nas empresas, entre outros, estão associadas ao aumento dos riscos psicossociais com forte impacto na saúde física e mental dos colaboradores das diferentes organizações.

Portugal enfrentará cada vez mais, grandes desafios no que diz respeito à Saúde Psicológica e aos Riscos Psicossociais no Trabalho. A falta de Saúde Psicológica no Trabalho não tem apenas um custo humano enorme, mas também um impacto imensurável na sociedade e na economia. O Estado e os empregadores perdem milhares de milhões de euros porque os colaboradores são menos produtivos, menos eficazes ou estão ausentes, com baixa psiquiátrica por motivo de doença.

Segundo um estudo realizado pela Ordem dos Psicólogos Portugueses (OPP, 2018), estima-se que, em Portugal, 2 em cada 10 colaboradores sofrem de problemas de saúde psicológica e que faltem 1,3 dias por ano devido a esses problemas. A perda de produtividade devido a estes problemas pode custar às empresas 329 milhões de euros por ano.







Psicologia


Marcar consulta
Avaliações (0)
  • Nenhuma avaliação encontrada !!!
Escreva uma avaliação

Você deve estar registrado e conectado para avaliar

Login

A SUA CLÍNICA ESPERA POR SI

A Especial Médicos protege a sua saúde e promove o seu bem-estar.

Marcar consulta online Marcar consulta